RSS

Cortes de Carne

Quem faz supermercado, tenho certeza que já parou em frente as gôndolas de carnes e ficou pensando: que tanto corte bovino é esse meu Deus? Pra que serve cada tipo? O que eu compro? Será que essa é macia? Bom, posso garantir que muita gente tem essas mesmas dúvidas. Essa seção bem que poderia ser chamar, “tudo o que vc sempre quiz perguntar, e nunca teve coragem pra fazê-lo”. Hoje viemos solucionar mais essa grande dúvida. De hoje em diante vc pode entrar na seção do açougue segura do que quer!

Na hora de comprar a carne, preste atenção nas seguintes características:

1- Consistência firme e compacta

2- Cor vermelho-brilhante

3- A gordura deve ser branca ou amarelo-pálida. Se for muito amarela, é sinal que o animal era velho e, portanto, que a carne é dura.

Para evitar desperdícios, calcule sua compra corretamente.

A tabela é esta:

Carne sem osso – 175 gramas por pessoa.

Carne com osso – 300 gramas por pessoa.

Para o churrasco a quantidade aumenta para 500 a 600 gramas se for servida apenas a carne ou 400 a 500 gramas se for acompanhada por saladas, pães,etc. Antes de ser posta à venda, a carne bovina sofre um processo de maturação, que a torna mais macia e tenra.

No mercado existem cortes limpos, embalados a vácuo, e congelados, que podem ser conservados até por 60 dias, sem risco de contaminação. É o tipo chamado de carne resfriada. Às vezes sua cor é escura, o que não significa estrago.

Há cortes para diferentes destinações:

Para assar: rosbife, bisteca com osso, miolo de alcatra, picanha, maminha, coxão duro ou mole, lagarto, patinho e ponta-de-costela.

Para refogar: cupim, acém, bisteca, patinho, fraldinha, capa de filé e filé de costela.

Para ensopar: além dos que servem para refogar, entram rabo, tutano, ponta de agulha, aba de filé, peito e carne moída.

Para fritar: contrafilé, patinho, coxão mole, alcatra e filé mignon.

Tipos de cortes bovinos

Picanha: Pode ser chamada de tapa de cuadril (espanhol) ou cap of rump (inglês).Parte macia, mais marmorizada e com capa de gordura. É de fácil preparo e muito suculenta. É própria para churrascos, podendo ser assada inteira ou em postas no espeto ou na grelha. É boa para assados, bifes ou carne de panela. É importante prepará-la com a gordura para que o sabor e maciez fiquem mais acentuados,podendo-se retirá-la na hora do consumo. Lembre-se que a picanha pesa entre 1kg e1,5kg, portanto se você encontrar picanhas maiores à venda saiba que na verdade há uma parte de coxão duro que não foi separada do corte sendo vendida junto.

Contrafilé: Também conhecido como lombo, lombo desossado, filé curto, filé de lombo e filé.É chamado de contra filé pois na carcaça do bovino este corte situa-se “contra” o filé mignon, ou seja, estão apenas separados pelas vértebras lombares. Pode ainda ser chamado de bife angosto ou bife de chorizo (espanhol), faux-filet (francês) .É uma carne macia, de sabor acentuado e que por sua camada de gordura na lateral mantém a umidade da carne. Ideal para bifes de chapa, estrogonofe, grelhados,rosbife, medalhões, churrasco, grelha e assados. Deve ser servido mal passado ou ao ponto, e assado em alta temperatura para que não enrijeça. Prefira pedaços de contra filé com gordura uniforme.

Filé de Costela (Noix): Também conhecido como entrecote e charneira. Pode ainda ser chamado de bife ancho (espanhol), entrecôte (francês) .Este corte em especial, quando apresentado com osso, é chamado de bisteca ou chuleta. É uma carne muito saborosa, suculenta e macia. Tem fibras mais curtas e rijas, sendo utilizado principalmente para churrasco ou na grelha, ou como carne cozida com legumes, assados, refogados e picadinhos.

Capa de Filé: é um corte localizado sobre o contra filé ou filé de costela na porção torácica.Com textura desigual e grande quantidade de nervos, precisa de cozimento mais longo, pode ser usado em ensopados, refogados, assados, churrascos, preparo na grelha e picadinhos.

Cupim: é a porção de fibras musculares entremeadas de gordura situadas logo atrás do pescoço de bovinos de raça zebuína ou seus cruzamentos. É saboroso e muito usado em churrasco. Mas exige um longo tempo de cozimento.Tem sabor característico e paladar agradável. Deve sempre ser cozido lentamente, podendo ser assado enrolado em várias camadas de celofane especial para culinária que distribui o calor uniformemente e promove o cozimento da carne em seu próprio suco. Outra forma de preparo é o cozimento em panela de pressão, bem temperado ou apenas com sal refinado.

Rabo: Também conhecido como rabada. Chamado de rabo (espanhol), queue (francês)e tail (inglês). É uma carne com osso muito saborosa, excelente para ensopados e cozidos. Pode ser preparado em pedaços, cortando vértebra, ou numa só peça.

Alcatra: Um dos cortes mais versáteis do boi. Uma peça inteira mede 80cm e contém cinco tipos de carnes. São elas: picanha, maminha, baby beef, tender steak e o top sirloin.Todos muito saborosos, se cortados corretamente (contra as fibras).A alcatra é macia e tem pouca gordura, sendo ideal para bifes, refogados, assados e ensopados. Fica excelente no churrasco, tanto no espeto ou em bifes grossos na grelha. Evite cortes finos pois a carne poderá ressecar.(É considerada “A Rainha das Carnes”, de onde sai a maminha e a picanha). Deve ser servida ao ponto ou mal passada

Miolo da Alcatra: Também conhecido como coração de alcatra e centro da alcatra. Chamada decorazón de cuadril (espanhol) ou eye of rump (inglês).O corte conhecido como baby beef provém do miolo da alcatra. #Filé Mignon: pode ainda ser chamado de lomo (espanhol), filet (francês) ou tenderloin (inglês). É o corte mais macio de carne bovina. Um filet mignon inteiro tem aproximadamente 2 kg. Tem sabor adocicado e menos acentuado que a alcatra e o contra filé, é suculento e tem pouca gordura. É ideal para bifes, como tournedor, medalhão,escalope, estrogonofe e também para rosbifes, assados, refogados e picadinhos. Fica bem acompanhado de vários tipos de molhos.

Acém: Também conhecido como agulha, lombo de agulha, alcatrinha, lombo de acém,lombinho de acém e tirante. É o maior e mais macio pedaço do dianteiro do boi, sendo uma carne relativamente magra que deve ser cozida por calor úmido. O acém rende ótimos ensopados, picadinhos, assados, cozidos, carne moída, refogados e bifes de panela.

Braço ou Paleta: Dá bons molhos e ensopados, ótimo para carnes de cozimento mais longo e para moer.

Peito: Parte do dianteiro do boi constituída de músculos e fibras grossas e compridas.Necessita de cozimento longo em calor úmido. Pode ser usado em cozidos, caldos,sopas, refogados, enrolado com temperos e assado na panela com molho.

Coxão Mole: Também conhecido como chã de dentro, chã, coxão de dentro, polpa e polpão.Com fibras curtas e macias, é um corte macio que fica bom em assados, ensopados,picadinhos, escalopes, milanesas, bifes finos e enrolados, ou então moída pararefogados e molhos.

Coxão Duro: Também conhecido como coxão de fora, chandanca, posta vermelha, perniquim,lagarto plano, lagarto chato, lagarto vermelho, chã de fora e lagarto atravessado.Com fibras mais longas e rijas e gordura concentrada na parte externa, exigecozimento lento, sendo ideal para assados de panela, rosbifes, carne recheada,cozidos ou utilizado moído em molhos e refogados.

Maminha: Parte mais macia da alcatra, é suculenta e tem sabor suave. É boa para assados,churrasco ou na grelha, carnes de panela ou bifes servidos bem passados, pois tem maior teor de gordura. Deve ser cortada de forma correta, ou seja,contra as fibras, para acentuar sua maciez e sabor.

Patinho: Menos macio que a alcatra, é usado para bifes à milanesa e preparações de carne moída crua – como o quibe e o steak tartar, ou então moída e cozida em refogados, molhos, bifes e assados. A parte inferior do patinho é um dos melhores cortes para escalope. Ideal também para picadinhos como o boeuf bourguignon (de origem francesa), goulash (origem húngara) ou spezzatino (origem italiana). Cortado em fatias transforma-se em um dos melhores escalopes que se pode conseguir do boi.

Fraldinha: É também chamado de aba de filé. No corte de costela minga, a fraldinha é a ponta com carne. Conhecido como vacio (espanhol). Parte constituída de feixes musculares mais grossos e longos, é um corte muito saboroso que fica bom em ensopados,picados, cozidos, carne moída, carne recheada, carne desfiada (carne louca), caldos e sopas. Pode ser assada em churrasco ou na grelha, devendo ser cortada em tiras grossas.

Ponta de Agulha: Também conhecida como capa do bife, é a parte inferior da caixa torácica do bovino,tendo portanto ossos mais finos e bastante cartilagem entremeada com gordura.Fica muito bem em assados, ensopados ou sopa. É considerada a “rainha das churrasqueiras”, sendo uma carne muito saborosa para churrasco. Deve ser cozida por tempo longo, distante do braseiro, para amaciar suas fibras. #Músculo: bom para molhos, ensopados, sopas, carnes de panela e cozida.

Pescoço: Continuação do peito, tem formação muscular semelhante ao mesmo.Por ter estrutura muscular semelhante à do peito, pode ser usado nos mesmos tipos de pratos. Necessita de cozimento longo em calor úmido. Pode ser utilizado em sopas, guisados, cozidos, caldos, refogados, ensopados, enrolado com temperos ou assado na panela com molho.

T-Bone: É um corte especial de lombo, feito através de seções transversais do músculo com osso. O T-bone tem parte final do contra filé de um lado do osso e a parte central do filé mignon do outro. É uma carne muito saborosa, macia e entremeada de gordura.

Matambre: O matambre tem seu nome originado do espanhol “mata hambre”(mata a fome), pois quando um bovino é abatido a primeira peça de carne que se retira é esta “manta”que envolve a costela. Quando se compra costela, o matambre é a tira de carne de cor rosada que a envolve, e que deve ser preparada separadamente.Pode ser preparada na grelha ou no espeto, cortada em tiras finas e servida como aperitivo para o churrasco. Outro preparo excelente é enrolar o matambre e recheá-lo com legumes, lingüiça e ovos.

Costela: Também conhecida como costela do dianteiro, ripa de costela e assado. É a parte superior da caixa torácica do bovino, tendo ossos maiores e mais largos. A costela é o corte com maior variedade de sabores, texturas e aromas.Exige um tempo de cozimento mais longo, para amaciar suas fibras. É utilizada principalmente para churrasco, ou então para o preparo de carne cozida com legumes. As carnes preparadas com osso tem sempre um sabor muito especial.

Ossobuco: Também conhecido como músculo duro, músculo de segunda, músculo da perna e canela. Quando cortado com osso é chamado de ossobuco. Possui, no centro, osso com tutano que, submetido a cozimento lento, fornece pratos com molhos de muito sabor. Pode também ser usado em sopas e cozidos, produzindo caldos saborosos e gelatinosos.

Fonte: Na Minha Panela

 

 

9 Respostas para “Cortes de Carne

  1. Lyra

    janeiro 18, 2012 at 20:04

    Sou vegetariana. Não como cadáveres!

     
    • oaprendizdecozinheiro

      janeiro 18, 2012 at 21:57

      Seja bem vinda Lyra, aqui não discriminamos ninguém. Se quiser pode compartilhar conosco suas receitas vegetarianas, terei prazer em postar aqui no Aprendiz de Cozinheiro. Volte sempre. Abraços.

       
    • José Inácio

      julho 27, 2012 at 20:26

      Querida, entrou no cemitério errado? A comida aqui descrita (somente carne bovina) é absolutamente deliciosa, e os humanos AINDA SÃO CARNÍVOROS! Com todo respeito a quem não come carne, e esperando igual respeito a quem come!

       
    • Marcela

      janeiro 17, 2013 at 14:44

      Não sabe o que está perdendo… Picanha na chapa!!!!!!Hummmmmmmmmmmmmmmmmmm

       
    • Vantuir

      outubro 26, 2013 at 23:02

      Lyra se vc for vegetariana mesmo? com certeza vc se preparou através de uma boa cultura alimentar e principalmente secular…mas vc foi muito infeliz em usar o termo cadáver…se vc veio de uma boa família, com certeza vai entender o meu modo de te corrigir. Tenha mais cuidado em expressar certas palavras. Vc deve respeitar que ainda está no seu oposto alimentar. Abraços!

       
  2. Pingback: Anônimo
  3. wss

    fevereiro 24, 2013 at 01:20

    Adorei, trabalho no varejo e este conhecimento é muito rico e importante….

     
  4. Alvaro lopes

    agosto 17, 2013 at 08:40

    gostei muito, sou churrasqueiro profissional vivo disso e tenho um pequeno buffet de churrasco.Acredito que qualquer pessoa por mais leiga que seja entendera o que contem nessa materia obrigado e um grande abraço a equipe de voces.

     
  5. Alessandro

    janeiro 21, 2014 at 21:17

    oi tudo bom? adorei muito tudo isso renho uma duvida queria usar uma carne para substutuir o contra file com fritas tem alguma sujestao?
    que seja uma carne mais barata e macia desde ja agradeço

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 110 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: